Polícia indicia irmão de Bruno por sequestro e tentativa de aborto contra Eliza

Segundo as investigações, há fortes indícios de que Rodrigo Fernandes, irmão do goleiro, participou dos crimes

Por O Dia

Irmão do goleiro BrunoReprodução Internet

Rio - A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá indiciou Rodrigo Fernandes das Dores Souza, irmão do goleiro Bruno, pelos crimes de sequestro e pela tentativa de aborto contra Eliza Samudio.

Foi instaurado inquérito policial complementar para continuar a investigação e identificar a coautoria dos crimes acima mencionados, pelos quais já estão presos e condenados Bruno Fernandes das Dores de Souza e Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão. Segundo a polícia, há fortes indícios da participação de Rodrigo nos crimes.

Quanto às declarações em depoimento dadas pelo irmão do goleiro à Polícia Civil do Estado do Piauí sobre os restos mortais de Eliza, que estariam enterrados em um local no interior de Minas, a Deam encaminhou uma cópia do termo ao Tribunal do Júri de Minas Gerais para as providências cabíveis.

Rodrigo garantiu que os despojos de Eliza estariam enterrados “numa cidade do interior de Minas”, mas que só dará mais detalhes de qual município e do local exato caso seu nome seja incluído no Programa de Proteção a Testemunhas.

Segundo o delegado geral do Piauí, Riedel Batista, o depoimento foi obtido pelo chefe da Delegacia de Polícia interestadual, Elídio Duarte, por meio de carta precatória. As informações foram colhidas a pedido da Polícia Civil do Rio de Janeiro, responsável pela investigação do caso.

LEIA MAIS

Em depoimento, irmão de Bruno indica local do corpo de Eliza Samudio

Irmão do goleiro Bruno cita Comando Vermelho: 'Não pode mais se negar'

Últimas de Rio De Janeiro