MP denuncia 14 pessoas por homicídio culposo por queda de ciclovia no Rio

Decisão do órgão foi baseada em inquérito policial concluído no mês passado. Desabamento deixou dois mortos em abril

Por O Dia

Rio - O Ministério Público do Rio (MP-RJ) denunciou, na tarde desta terça-feira, 14 pessoas por homicídio culposo por causa da queda da ciclovia Tim Maia, que deixou dois mortos, no dia 21 de abril. A decisão do órgão foi baseada no inquérito policial concluído no dia 26 do mês passado. No entanto, segundo o MP, um funcionário da Defesa Civil foi excluído da denúncia e um dos sócios do Consórcio Concremat/Concrejato foi incluído.

MP denuncia 14 pessoas por homicídio culposo por queda de ciclovia no RioAlexandro Auler / Agência O DIA

Durante o inquérito, a polícia ouviu 27 pessoas, entre testemunhas e envolvidos no caso. Nas investigações, há informações de engenheiros, responsáveis pela obra, reconhecendo que o projeto deveria conter um estudo prévio do regime das marés e de que havia a necessidade de um plano de contingência que previsse a instabilidade das marés, como ocorreu no presente caso.

LEIA MAIS

Polícia indicia 14 pessoas por queda da ciclovia Tim Maia

MPF entra com ação civil pública para impedir reconstrução de ciclovia

?Muros aumentaram força de ondas que derrubaram ciclovia, aponta laudo

Nos termos de declaração dos autos há relatos de moradores da região informando sobre ondas de grande movimento e energia, inclusive de ressacas de natureza tão violenta que faziam tremer algumas casas. O relatório conclusivo da Coppe/UFRJ, incluído no inquérito, esclarece que as ondas que atingiram a ciclovia no dia do sinistro são raras, mas não inéditas. 

Últimas de Rio De Janeiro