Funcionário do Shopping Nova América é baleado no rosto por taxista

O motorista tentava deixar o estabelecimento sem pagar o estacionamento. Funcionário está internado em estado grave

Por O Dia

Rio - Um funcionário que trabalhava na cancela do estacionamento do Shopping Nova América, em Del Castilho, foi atingido por um tiro no rosto disparado por um taxista, na noite desta quarta-feira. Segundo informações, o motorista tentava deixar o estabelecimento sem pagar. A vítima, identificada como Roberto Prado Ribeiro, de 36 anos, está em estado grave.

Funcionário é socorrido após ser baleado por homem em táxi no estacionamento do Nova América%2C em Del CastilhoLeitor / WhatsApp O DIA (98762-8248)

Após ser impedido pelo funcionário de deixar o local, houve uma discussão e o taxista jogou o carro contra a cancela, que foi destruída, saiu do carro e sacou a arma, atirando contra o homem. Ele foi atingido no rosto e socorrido por uma equipe do shopping, que o levou para o Hospital Federal de Bonsucesso. O tiro atingiu a bochecha de Roberto e se alojou no pescoço. Uma cirurgia foi realizada durante a madrugada e o projétil retirado. Ele está no CTI da unidade e respira como a ajuda de aparelhos. 

Em áudios enviados para o WhatsApp do DIA (98762-8248), quem estava no local, inclusive taxistas, relatam o ocorrido no pátio do shopping. "Se tinha alguma coisa para ficar ruim, não tem mais. O taxista acabou de dar um tiro aqui naqueles caras da cancela, na cara do cara da cancela, aqui no Nova América. Estou com a minha família curtindo aqui e o taxista, que ainda estava com um passageiro, discutiu com o cara e deu um tiro na cara do cara, está o maior tumulto aqui (SIC)", diz um homem. "Um cara tomou um tiro agora no Nova América", relata outra pessoa. 

Policiais do 3° BPM (Méier) foram para o local após o crime e testemunhas confirmaram o ocorrido. Eles apreenderam um estojo de pistola e realizaram buscas para tentar prender o suspeito, que não foi encontrado. O caso foi registrado na 44ª DP (Inhaúma) e o delegado Roberto Ramos já requisitou imagens de câmeras para tentar identificar o autor do disparo e vai ouvir testemunhas do crime.

O Shopping Nova América disse que prestou atendimento de primeiros socorros à vítima e que colabora com as autoridades locais, prestando todas as informações para os esclarecimentos dos fatos.

'Não compreendo uma brutalidade dessas com um trabalhador', diz irmão da vítima

Irmão de Roberto Prado, Adalberto Prado Ribeiro lamentou o ocorrido. Segundo ele, a violência no Rio, às vésperas da Olimpíada, depõe contra a cidade. "O que aconteceu ao meu irmão é lamentável, principalmente com um evento desse porte que teremos no Rio. Não sei onde iremos parar com tamanha violência. Como pode alguém dar um tiro numa outra pessoa?", revoltou-se. 

Adalberto disse que o irmão é uma pessoa pacífica e que não se envolvia em confusão. "Ele sempre foi da paz, não é de arranjar problema com ninguém. Não compreendo uma brutalidade dessas com um trabalhador", afirma ele. 

LEIA MAIS

Taxista tenta agredir mulher com extintor de incêndio ao confundi-la com Uber

Vídeo: Taxista incita violência a quem trabalha de Uber. 'Tacar fogo, queimar'

MP pede a prisão de dez taxistas por agressão a motorista de Uber

Últimas de Rio De Janeiro