Policial civil aposentado que rendeu duas pessoas na Tijuca é preso

Ele abordou com coronhadas dois funcionários de uma empresa de telefonia, na manhã desta sexta-feira

Por O Dia

Rio - O policial civil aposentado que rendeu duas pessoas, na Rua Martins Pena, na Tijuca, na Zona Norte, foi preso na noite desta sexta-feira. Segundo a polícia, Gustavo Barbosa Lima abordou com coronhadas dois funcionários da empresa de telefonia Oi que trabalhavam em um prédio vizinho ao que o próprio reside. Armado com uma pistola 9 mm, o homem ameaçava matar a todos e também roubou as chaves e o celular de um dos agredidos.

?LEIA MAIS: Homem rende pessoas na Tijuca

Policiais do 4º BPM (São Cristóvão) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) estiveram na Tijuca durante o ocorridoDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

De acordo com a polícia, Gustavo chegou a passar mal e recebeu massagens cardíacas no chão e foi levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar e, posteriormente, para o Instituto Philippe Pinel, hospital psiquiátrico em Botafogo, na Zona Sul, onde foi internado. Depois, ele foi encaminhado à delegacia. 

O suspeito responderá pelos crimes de roubo majorado pelo emprego de arma de fogo, pelo concurso de pessoas e pela restrição da liberdade das vítimas, além de resistência. O procedimento será desmembrado e encaminhado à 19ª DP (Tijuca) para prosseguir nas investigações com o objetivo de identificar os outros envolvidos.

Cópia do procedimento também será encaminhada à Corregedoria Interna da Polícia Civil (Coinpol) que irá apurar eventuais infrações disciplinares e a possibilidade de aplicação da punição de cassação da aposentadoria ao autor, elaborando relatório que será remetido à apreciação da Corregedoria Geral Unificada (CGU).


Últimas de Rio De Janeiro