Militar usou enxada, pedra e madeira para matar torcedor do Botafogo

Homem foi preso e levado para o Exército, onde aguardará julgamento

Por O Dia

Thiago da Silva França%2C de 31 anos%2C foi morto por um militar durante briga de torcida organizadaReprodução Internet

Rio - O militar do exército Leonardo Fernandes Oliveira, vulgo Leozinho, de 22 anos, foi preso pela polícia na manhã deste domingo acusado de matar o torcedor Thiago da Silva França, de 31 anos com golpes de enxada, pedra e madeira. O crime ocorreu na Rua Bacopa, em Bento Ribeiro, na Zona Norte do Rio na manhã de sábado durante uma briga de torcidas organizadas dos clubes Flamengo e Botafogo. 

O acusado foi levado para o Exército onde ficará preso aguardando julgamento da Justiça. A vítima pertencia à torcida “Fúria” do Botafogo e o acusado à “torcida Jovem do Flamengo”.

A Divisão de Homicídios busca agora identificar e localizar outros dois integrantes da torcida Jovem do Flamengo que também participaram das agressões que culminaram na morte de Thiago. 

A polícia também levou para delegacia, no sábado, 20 homens e cinco menores, todos da torcida do Flamengo, pelo crime de rixa esportiva. Eles assinaram um termo de compromisso e foram liberados. Todos deverão comparecer na Justiça para julgamento. 









Últimas de Rio De Janeiro