Polícia divulga fotos dos autores de homicídio de casal em Rio das Ostras

Daniel da Cunha Silveira e José Átila Coqueiro Dias são apontados como autores do crime que aconteceu na madrugada do dia 7 de julho

Por O Dia

Rio - Foram divulgadas as fotografias de Daniel da Cunha Silveira e José Átila Coqueiro Dias, conhecido como "Dil", apontados como autores dos homicídios de Mark Santos Campos, de 28 anos, e Paloma Brandão, de 24 anos. Os crimes ocorreram na madrugada do dia 7 de julho, na cidade Costa do Sol, em Rio das Ostras.

LEIA MAIS: Divulgado retrato falado do suspeito de matar casal em Rio das Ostras

Daniel da Cunha Silveira e José Átila Coqueiro Dias são apontados como autores do crime que aconteceu na madrugada do dia 7 de julho, na cidade Costa do SolDivulgação

De acordo com a investigação, as vítimas haviam acabado de sair de uma festa e foram fazer um lanche antes de irem para casa. Enquanto estavam lanchando, um homem, identificado como sendo Daniel da Cunha, se aproximou e atirou contra eles.

A motivação do crime, conforme provas colhidas, teria sido uma simples discussão que aconteceu dentro da festa, ocasião em que Paloma jogou um copo em Daniel, após ele ter entornado bebidas na vítima. Depois de praticar o crime, Daniel fugiu com a ajuda de José Átila, que ficou como motorista para facilitar a fuga.

Os policiais civis descobriram que eles teriam fugido em um veículo Siena, de cor prata, placa KXA-4913. O carro em que Daniel fugiu está registrado em nome de sua mãe, mas ele tinha o costume de usar.

A delegada Juliana Rattes da 128ª DP (Rio das Ostras) representou pela decretação da prisão temporária dos dois autores pelos crimes de homicídio qualificado, sendo deferida pela Justiça pelo prazo de 30 dias.

O cidadão que tiver qualquer informação que possa contribuir com a localização dos foragidos pode entrar em contato através da Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) pelos telefones (21) 2334-8823, (21) 2334-8835 e pelo chathttps://cacpcerj.pcivil.rj.gov.br/. As denúncias também podem ser feitas pelo Disque Denúncia (21) 2253-1177 e pelo Portal Procurados (21) 96802-1650; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/.

Últimas de Rio De Janeiro