Vendedores da feira de Copacabana flagrados com itens piratas da olimpíada

Agentes da DRCPIM apreenderam 1.300 produtos, como camisetas e chaveiros. Comerciantes podem ser punidos

Por O Dia

Rio - Vinte e três comerciantes da tradicional feira de Copacabana, na Avenida Atlântica, foram flagrados na noite desta sexta-feira vendendo produtos piratas relacionados à olimpíada. Foram apreendidos mais de 1.300 itens, entre símbolos olímpicos, camisas, chaveiros, blocos e placas comemorativas. Os vendedores da feira têm permissão da prefeitura para trabalhar no local, mas a venda de produtos com símbolos olímpicos não autorizados é proibida.

Operação apreendeu 1.300 itens com símbolos olímpicos não autorizadosMontagem/Divulgação

Os comerciantes foram responsabilizados pelo crime de uso indevido de símbolos olímpicos e podem ser punidos administrativamente pela Prefeitura. A operação foi conduzida por agentes da da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM).

Últimas de Rio De Janeiro