Atletas participam de treinamento olímpico no projeto Geração UPP

Realizada neste sábado, ação contou com a participação de moradores de comunidades pacificadas

Por O Dia

Rio - Palco de competições como vôlei de praia, maratona aquática e triatlo, Copacabana já está esquentando as turbinas para a Olimpíada 2016. Neste sábado, na praia mais famosa do Brasil, atletas de diversas modalidades participaram de um treinamento olímpico no projeto Geração UPP, com moradores de diversas comunidades com Unidades de Polícia Pacificadora.

Atletas de modalidades como judô, tae-kwon-do e vôlei de praia estiveram no local. Um dos principais cartões postais da cidade, a praia ainda foi palco para treinamento de esportes como jiu-jitsu, ginástica para a terceira idade e caratê, que não são modalidades olímpicas.

As comunidades envolvidas no projeto da UPP são Providência, Barreira do Vasco, Adeus, Baiana, Lins de Vasconcelos, Cidade de Deus, Rocinha e Mangueirinha. Participaram do evento cerca de 120 atletas profissionais e amadores.

Participaram do evento cerca de 120 atletas profissionais e amadores de diversas modalidades. Judocas também fizeram seu treinamentoMaíra Coelho / Agência O Dia

Matheus Guerra, de 10 anos, mora em Bonsucesso e participa do projeto da UPP Adeus, em Ramos, há sete meses. Faixa branca de tae-kwon-do, ele gostou da ideia e fará o possível para participar de uma Olimpíada. “Gostei de participar do evento na praia. Meu sonho é disputar os Jogos Olímpicos. Pena que não será no Brasil”, disse Matheus.

De acordo com a capitã Bianca Neves, assessora de projetos de proximidade da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), a ação visa divulgar o trabalho de prevenção realizado em comunidades que contam com a presença de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) e que beneficiam mais de seis mil crianças, adolescentes e adultos.

“A maioria das atividades é ministrada por policiais que aproveitam uma segunda formação que possuem para agregar ao trabalho de policiamento que desenvolvem. Além disso, temos sempre atletas profissionais ministrando workshops para aperfeiçoamento das atividades. Tudo isso só é possível graças a parceiros que, durante mais de 6 anos, patrocinam nossos atletas em campeonatos no Brasil e até no exterior”, destacou.

Últimas de Rio De Janeiro