Informe: Disputa interna para decidir vice de Jandira gerou racha no PT

Deputado Wadih Damous queria o posto, mas o diretório do Rio optou pelo nome do ex-ministro Édson Santos

Por O Dia

Rio - A disputa interna para decidir quem seria o vice de Jandira Feghali (PCdoB) na eleição municipal gerou um racha no PT do Rio. Muito ligado à comunista, o deputado federal Wadih Damous queria o posto para si, mas o diretório municipal optou pelo nome do ex-ministro Édson Santos, que acabou ficando com a vaga.

Contrariado, Damous postou no Facebook uma “carta aberta à militância” em que reclama do critério adotado para eleger, em 2013, os delegados do PT carioca. Presidente do diretório municipal, Bob Calazans cita o afastamento de Dilma Rousseff para contra-atacar: “O golpe que o Wadih é contra nacionalmente, ele defende que seja aplicado dentro do próprio partido”, diz.

Encontro na Lapa
Os petistas Tarso Genro e Fernando Haddad, prefeito de São Paulo, vêm ao Rio depois de amanhã para participar de evento com Jandira, na Lapa.

Substituição
O governo estadual analisa nomes para substituir Beltrame na Secretaria de Segurança após os Jogos.

Apostas
Os mais cotados são o de Roberto Sá — delegado da Polícia Federal e atual subsecretário de Planejamento e Integração Operacional — e o de Adriano Pereira Júnior, general do Exército responsável pela ocupação do Complexo do Alemão em 2010. General Adriano, como é conhecido, tem ótima relação com Pezão.

Precaução
O governo evita nomes que venham das polícias Civil e Militar. Não quer ciumeira dos militares caso escolha um civil e vice-versa.

Abundância
O Tribunal de Contas do Estado determinou que a Prefeitura de Magé adie licitação para a compra, ao custo de R$ 3,6 milhões, de 5.944 pneus. A quantidade é suficiente para trocar os quatro pneus — e mais o estepe — de 1.188 carros. Detalhe: a frota da prefeitura tem 342 veículos.

Sangue novo
Um morcego invadiu, anteontem, a Câmara Municipal do Rio. Bombeiros tiveram que ser acionados para retirar o chupa-sangue do local.

Picadinho

Coordenador da Coordenadoria de Combate aos Crimes Ambientais, da Secretaria Estadual do Ambiente, o coronel José Maurício Padrone recebe amanhã, às 18h, na Assembleia Legislativa, a Medalha Tiradentes. A honraria foi proposta pelo deputado Carlos Minc.

A peça ‘Eugênia’ pode ser vista gratuitamente hoje e amanhã, às 21h, no Teatro Sérgio Porto, no Humaitá.

Últimas de Rio De Janeiro