Com ameaça de terrorismo nos Jogos, prefeitura elabora plano para hospitais

Cinco unidades de referência foram separadas em quatro regiões: Barra da Tijuca, Copacabana, Maracanã e Deodoro

Por O Dia

Rio - Com a ameaça de terrorismo no Rio durante a Olimpíada, a prefeitura elaborou um plano para que a rede de saúde esteja preparada em caso de “evento com múltiplas vítimas”. Os cinco hospitais de referência para atendimento durante os Jogos foram separados em quatro regiões: Barra da Tijuca, Copacabana, Maracanã e Deodoro.

Na hipótese de atentado terrorista ou acidente com várias vítimas, outras três unidades serão acionadas: Evandro Freire, na Ilha do Governador; Rocha Faria, em Campo Grande; e Pedro II, em Santa Cruz. Juntos, os oito hospitais poderão receber 439 pacientes em situação de emergência.

Reserva de leito
Profissionais do Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, dizem que pacientes têm sido transferidos para outras unidades para abrir leitos para o período olímpico.

Resposta
A Secretaria de Saúde afirma que, por conta dos Jogos, as redes municipal, estadual e federal disponibilizaram leitos de retaguarda em unidades que não são de emergência. Isto, para liberar mais rapidamente os leitos do Souza Aguiar e dos outros quatro hospitais de referência para atendimento durante a Olimpíada.

Hospitais olímpicos
São eles: Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca; Miguel Couto, na Gávea; Salgado Filho, no Méier; e Albert Schweitzer, em Deodoro.

Quadro estável
A prefeitura diz que os pacientes transferidos recentemente do Souza Aguiar não estavam mais em situação de emergência.

A reza dos presidentes
Em conversa com o governador em exercício, Francisco Dornelles, Moreira Franco, ministro de Michel Temer, disse que apenas dois países no mundo têm dois presidentes: Brasil e Itália, onde há também o presidente do Vaticano. E ironizou: “A diferença é que lá eles rezam juntos.”

Peregrinação
Prefeitos e candidatos a prefeito, da Baixada e do interior, fizeram um périplo ao Tribunal de Contas do Estado no último mês. Procuraram, na maioria das vezes, os gabinetes dos conselheiros Domingos Brazão, que entrou de férias anteontem, e Aloysio Neves.

Picadinho

O cientista político Geraldo Tadeu lança o livro ‘Manual do candidato às eleições’, hoje, a partir das 18h30, no Centro Empresarial Cândido Mendes, na Rua da Assembleia 10, no Centro

Últimas de Rio De Janeiro