Patrulhamento com ajuda de câmeras

Operação Centro Presente tem 528 agentes na rua

Por O Dia

Rio - Começou nesta terça-feira, com novidade, a terceira etapa da Operação Segurança Presente no Centro do Rio: o monitoramento da área por câmeras controladas pelos agentes do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). A iniciativa foi possível por meio de um convênio entre as Secretarias estaduais de Assistência Social e Direitos Humanos e de Segurança. Agora, todas as áreas cobertas pelos agentes das Operações Segurança Presente contam com sistema de vigilância do CICC.

Novo posto do programa de segurança fica no Largo da CariocaDivulgação

A base inaugurada ontem fica no Largo da Carioca, e as demais na Praça Mauá e Praça XV. As informações captadas pelas câmeras do CICC são repassadas para os coordenadores das operações, alertando sobre ocorrências e orientando o deslocamento das equipes para a prisão de criminosos em flagrante e na prevenção de delitos.

Para o secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Paulo Melo, o acordo reforça a proposta das Operações Segurança Presente, de unir esforços para o combate ao crime. Ele destaca que o sistema de monitoramento por câmeras no CICC dará uma ajuda fundamental durante o período dos Jogos Olímpicos.

A pé, de bike e de moto

Com a terceira etapa da operação, o Centro do Rio conta com 528 agentes para patrulhar a região que vai da Zona Portuária até a Avenida Beira Mar — onde fica o Aeroporto Santos Dumont. O patrulhamento é realizado a pé, de bicicletas e motos, todos os dias, das 6h30 às 22h30.

Últimas de Rio De Janeiro