Romário é cortejado por candidatos à Prefeitura do Rio

Ex-jogador desistiu de entrar na disputa pelo cargo

Por O Dia

Romário%3A todos querem seu apoioAgência Brasil

Rio - A dez dias do fim das convenções partidárias, o PSB do senador Romário (RJ) é hoje o partido mais cobiçado pelos candidatos à Prefeitura do Rio. Pelo menos quatro candidatos estão de olho no apoio do ex-jogador, que desistiu de disputar a sucessão de Eduardo Paes. Até sexta-feira, o deputado federal Hugo Leal, presidente do PSB fluminense, deverá bater o martelo sobre as alianças no Estado nas eleições de 2 de outubro.

No próximo domingo, dia 31, o PRB realiza convenção para confirmar a candidatura do senador Marcelo Crivella à prefeitura carioca. Até lá, Crivella espera conquistar a adesão de Romário. No início do ano, o senador do PRB chegou a tratar sua transferência para o PSB, mas depois acabou desistindo.

Além de o PRB apoiar o PSB em cidades do interior, os aliados de Crivella também integrariam a aliança de Felipe Peixoto, candidato socialista à prefeitura de Niterói.

Romário também foi cortejado pelo PSDB do senador Aécio Neves (MG). Há dez dias, os tucanos chegaram a marcar uma coletiva para anunciar o apoio do ex-jogador à candidatura de Carlos Osório (PSDB). Mas, o anúncio acabou não acontecendo.

Os deputados federais Índio da Costa (PSD) e Alessandro Molon (Rede) também estão de olho no apoio do PSB do Romário. Eles sonham com a adesão do ex-jogador a suas campanhas.

Últimas de Rio De Janeiro