NET demite técnico que assediou cliente

'Denunciei porque não quero ver a notícia de que uma mulher foi agredida ou violentada por um maníaco que trabalha para a NET', disse a vítima

Por O Dia

Rio - A fotógrafa Juliana Barros, de 35 anos, convive com uma sensação de insegurança desde que decidiu denunciar o assédio que sofreu de um técnico da NET. Ele enviou mensagens com conteúdo pornográfico para a fotógrafa.

“Denunciei porque não quero ver a notícia de que uma mulher foi agredida ou violentada por um maníaco que trabalha para a NET”, disse Juliana, que registrou a ocorrência no 4º Distrito Policial de São Paulo.

Em nota, a NET afirmou que o técnico envolvido foi identificado e demitido e que está à disposição para colaborar com a investigação. “O caso denunciado está em total desacordo com os valores e código de ética da empresa.”

Últimas de Rio De Janeiro