Preta Gil: Justiça autoriza quebra de sigilo identificar autores de mensagens

Cantora foi vítima de mensagens de cunho racista em sua página em rede social, na última segunda-feira

Por O Dia

Rio - A Justiça autorizou a quebra de sigilo de dados dos perfis que postaram mensagens com ofensas de cunho racista contra Preta Gil, em sua página no ?Facebook, ?na última segunda-feira. O pedido foi feito pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), onde o caso foi denunciado pela cantora.

Além do pedido de quebra de dados dos autores, os agentes da especializada realizando diligências para desvendar o crime. Preta Gil divulgou o caso na terça-feira, antes de se dirigir para a DRCI, onde ela deu queixa contra os perfis que fizeram as ofensas. "Estou cansada dessa impunidade, dessa onda de ódio, de gente que escreve o que quer para atacar a quem está quieto. Quero justiça!", disse na postagem.

LEIA MAIS

Preta Gil denuncia mensagens de ódio em rede social. 'Quero justiça!'

Angélica apoia Preta Gil após episódio de racismo

Preta Gil foi vítima de mensagens de ódio e de cunho racista em seu perfil no Facebook. Ela postou um desabafo em sua página na web e depois registrou o caso na políciaFoto%3A Estefan Radovicz / Agência O Dia


Últimas de Rio De Janeiro