Informe do Dia: Grupo de cidades recebe a maior parte de repasses do estado

Maioria das transferências voluntárias do estado a prefeituras foi para cidades comandadas por aliados do governo

Por O Dia

Rio - Em ano de eleições municipais, a maioria das transferências voluntárias do estado a prefeituras foi para cidades comandadas por aliados do governo. Apenas seis prefeitos receberam mais de R$ 1 milhão ao longo de 2016: cinco do PMDB — partido do governador licenciado, Luiz Fernando Pezão — e um do PP, do governador em exercício, Francisco Dornelles.

Ao todo, o grupo recebeu R$ 30,16 milhões, o equivalente a 81% de todos os repasses feitos pelo governo estadual. “Transferências voluntárias” são aquelas que o governo não é obrigado a fazer, diferentemente, por exemplo, do repasse atrelado à arrecadação com ICMS e royalties do petróleo.

No topo

Saquarema, comandada pela peemedebista Franciane Motta, é a primeira da lista, com R$ 10,38 milhões recebidos. Ela é mulher de Paulo Melo, secretário estadual de Assistência Social.

Lista

Em seguida vêm Cabo Frio, de Alair Corrêa (PP); Queimados, de Max Lemos (PMDB); Nova Iguaçu, de Nelson Bornier (PMDB); Rio Bonito, de Solange Almeida (PMDB), e Volta Redonda, de Francisco Neto (PMDB). Segundo o portal da transparência do governo estadual, os repasses fazem parte do Programa Somando Forças.

Triste fim
Veja a que ponto chegou a falta de estrutura do Instituto Superior de Educação, o Iserj, na Tijuca. Após o fim do horário integral, a direção da creche que lá funciona pediu aos pais que passassem a enviar produtos de limpeza para serem usados pelos... professores. Isto porque os terceirizados da faxina deixaram de trabalhar por conta de atraso nos salários.

Administração
A creche é administrada pela Faetec, que pertence à Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia.

Últimas de Rio De Janeiro