TJ decreta prisão preventiva de mulher que viajava com criança dentro de mala

Ela tentou embarcar na Rodoviária Novo Rio, no último sábado

Por O Dia

Rio - A Justiça do Rio decretou, no início da noite desta terça-feira, a prisão preventiva de uma mulher que tentava embarcar com uma criança de 11 anos dentro de uma mala, na Rodoviária Novo Rio, no último sábado. Natasha Vitoriano Souto, de 23 anos, pretendia viajar com o menino para Curitiba, no Paraná. Ela vai responder por subtração de menor.

Criança é encontrada em mala na Rodoviária Novo RioDivulgação

Segundo os policiais, a suspeita pegaria o ônibus às 21h. Os PMs descobriram a criança após denúncia de testemunhas. Sem saída, Natasha revelou que o menor de idade era morador de rua e que pediu que ela o levasse, pois, segundo a mulher, ela teria condições de criá-lo. 

?LEIA MAIS: Mulher tenta viajar com criança de 11 anos dentro da mala e vai presa

"Eu ia levar ele para a minha casa. Ele pediu pelo amor de Deus, me adota. Ele tem uma história de vida muito triste, ele foi adotado e apanhava na família que ele estava. Ele foi largado na rua e eu ia levar para cuidar. Sei que não escolhi a melhor forma, só que eu não podia deixá-lo aí", diz ela ao policial em vídeo.

Para a juíza Tula Correa de Mello, o fato é de "extrema gravidade", já que a situação envolve "o cárcere privado de criança". “As condições colocaram em risco a vida do menor. Frise-se que a indiciada, em tese, apenas não logrou êxito na conduta por circunstancias alheias à sua vontade”, relatou a magistrada em sua decisão.


Últimas de Rio De Janeiro