Mais um suspeito de participar de sequestro de médica em Itaguaí é preso

Crime ocorreu em junho. Outras três pessoas já tinham sido presas no mês passado

Por O Dia

Rio - Os agentes da 35ª DP (Campo Grande) prenderam, na tarde desta quinta-feira, mais um suspeito de participar do sequestro de uma médica em junho, em Itaguaí. Segundo a polícia, Lúcio Ferreira Eloy, de 37 anos, foi identificado como um dos autores por meio de uma investigação da Delegacia Antissequestro (DAS).

No dia 23 de julho, outras três pessoas foram presas também suspeitas de participar do crime. Foram presos em flagrante Hebert Santana de Lima, de 19 anos, e Edson Lacerda Ferreira, de 33 anos, por receptação. A namorada de um dos criminosos, usava o cordão de ouro da vítima e também foi detida. Lucas Guimarães Gouvea, de 21 anos, que também tinha mandado de prisão expedido pela Justiça, morreu após trocar tiros com os agentes da DAS.

?LEIA MAIS: Suspeitos que participaram de sequestro de médica em Itaguaí são presos

O acusado chegou a ser socorrido para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Os presos foram indiciados pelos crimes de roubo, tortura e tentativa de sequestro. A polícia ainda busca outros suspeitos que estão foragidos.

Relembre o caso

No último dia 17 de junho, a médica voltava de Itaguaí, quando foi abordada por quatro bandidos. Ela foi mantida refém e obrigada a levá-los até sua casa. No trajeto, a mulher, de 35 anos, foi agredida. Na casa da vítima, o marido dela também foi rendido quando brincava com o filho na varanda da residência. Além de documentos, dinheiro e joias, os autores fugiram com o carro do casal, que também é médico, levando-o como refém. Pouco depois, o médico foi abandonado.. Os bandidos fugiram depois que avistaram uma blitz da polícia. O carro roubado foi abandonado.