Por bianca.lobianco

Rio - Um dos envolvidos no ataque do delegado de polícia Felice Curi foi identificado por ele neste sabado. As informações foram dadas pela Polícia Civil. Um inquérito policiail foi instaurado para apurar a tentativa de homício sofrida por Curi durante a Operação Germânia, no dia 3 de agosto de 2015, no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. 

O delegado reconheceu um deles como sendo o autor dos tiros que lhe atingiram. O autor foi identificado como  Allerson Yuri Menezes Mathias, de 20 anos. Ele já possuía anotação criminal pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. As investigações continuam em andamento.

De acordo com as investigações, uma equipe policial, composta pelo delegado Curi, estava na localidade conhecida como Beco do Pará, uma das áreas mais perigosas do Complexo, para cumprir mandado de prisão. O Delegado estava no beco, fazendo a proteção do local, enquanto policiais faziam buscas em uma casa.

Neste momento, um grupo de criminosos que fugiam do “Chuveirinho”, onde estavam em confronto com outra equipe policial, avistaram o policial e iniciaram diversos tiros em sua direção. Quatro tiros atingiram o delegado,dois ficaram alojados no colete balístico. Os outros dois tiros atingiram diretamente o delegado, que reagiu e realizou disparos na direção dos bandidos, que fugiram. 

Após o confronto, os policiais realizaram buscas pela região e encontraram dois criminosos mortos. 

Você pode gostar