Bandidos matam bombeiro em casa, na frente da família, em Queimados

Militar foi rendido por três criminosos armados quando voltava para a residência, depois de passear com o cachorro

Por O Dia

Rio - Militar reformado do Corpo de Bombeiros, Luiz Carlos Pereira de Souza, de 61 anos, foi morto com 15 tiros neste domingo dentro de casa e na frente de familiares, em Queimados, na Baixada Fluminense. O subtenente havia deixado a residência cedo, por volta de 6h30, para passear com o cachorro. No caminho de volta, foi rendido por três criminosos armados.

Identificação de bombeiro assassinado por bandidos na Baixada Leitor

Segundo informações repassadas a policiais do 24º BPM (Queimados), os bandidos entraram na casa de Souza para roubar objetos. No momento em que exigiram a chave do carro, perceberam que ele era militar e fizeram os disparos. Os criminosos fugiram sem levar o veículo.

O bombeiro foi levado pelo filho para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Queimados, mas já chegou morto. O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

O local do crime fica perto do Conjunto Habitacional do Valdariosa, que pertence ao Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. A área é dominada por traficantes.

Segundo o relato de agentes do 24º BPM, policiais foram instruídos a evitar operações e patrulhamento na região no período da Olimpíada. “É uma covardia. Enquanto isso, nosso colega morre com 15 tiros. Não foi assalto, foi assassinato. Entraram na casa dele para ver se tinha alguma arma para levar”, disse um PM.

Últimas de Rio De Janeiro