Governo amplia atuação das Forças Armadas durante a Olimpíada

Reforço terá como foco principal Copacabana, Centro e Aterro

Por gabriela.mattos

Rio - Com a justificativa de “garantia da lei e da ordem”, a área de atuação das Forças Armadas no Rio de Janeiro será ampliada durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. O reforço terá como foco principal a Avenida Atlântica e imediações, em Copacabana, e no Centro da cidade, incluindo Aeroporto Santos Dumont, Candelária e Aterro do Flamengo.

O decreto assinado pelo presidente interino Michel Temer foi publicado nesta segunda-feira em edição extra do Diário Oficial da União. O decreto atende pedido do governador interino do Rio de Janeiro, Francisco Dorneles. Segundo ele, as forças policiais têm se mostrado insuficientes para garantir a segurança nessas localidades.

Governo amplia atuação das Forças Armadas durante a Rio 2016Foto%3A Estefan Radovicz / Agência O Dia

Por meio de nota, o Ministério da Defesa informou que a ação das tropas militares acontecerá sem aumento do efetivo, atualmente com cerca de 22 mil homens do Exército, Marinha e Aeronáutica.

O emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) assegura a atuação dos militares na zona sul carioca, em parte da Avenida Brasil, na Linha Amarela, Linha Olímpica e em estações ferroviárias. Com a publicação desta segunda-feira será possível atuar também em Copacabana e no centro do Rio.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia