Menina eletrocutada ao brincar na porta de casa em Itaboraí

Criança de um ano e meio foi atingida por cabo de alta tensão da Ampla

Por O Dia

Rio - Uma criança de um ano e seis meses está internada no Hospital das Clínicas de Niterói, após ser atingida por um fio de alta tensão da concessionária de energia Ampla, em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio, na tarde de terça-feira. Maria Eduarda Pereira da Silva estava brincando com o avô em frente à sua casa, na Rua Trinta e Sete, no bairro Ampliação. Em nota, a Ampla informou que o cabo foi rompido por uma linha de pipa e que está prestando a assistência necessária à família.

Foi o próprio avô quem socorreu a menina, reanimada no próprio local com uma massagem cardíaca. Segundo a família, Maria Eduarda estava com o avô brincando na porta de casa, quando o fio se rompeu e a atingiu. “Ela estava sentada, brincando com o avô no portão, quando o fio, que já estava desgastado, rompeu e acabou acontecendo essa tragédia”, contou a tia da menina Lorraine Fernandes, de 22 anos, acrescentando que na mesma rua há outros fios em péssimo estado de conservação. “Ligamos hoje para a Ampla avisando, mas até agora nada. Estão esperando acontecer outro caso e depois vão tomar providências.”

Ela foi levada primeiro para o Hospital Municipal Desembargador Leal Junior, em Itaboraí, e mais tarde para o Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê, em São Gonçalo, de onde foi transferida ontem para o Hospital das Clínicas de Niterói. A direção da unidade informou que o quadro da menina é estável.

Em março, a Ampla foi responsabilizada em inquérito policial que apurou a morte de quatro pessoas — todas de uma mesma família, duas delas crianças —, eletrocutadas na queda de um cabo de média tensão sobre um carro, em São Gonçalo, dia 3 de janeiro. Em fevereiro, o Procon estadual autuou a Ampla por falhas na prestação do serviço no caso da morte de mãe e filho em Rio Bonito. Um cabo de energia se rompeu e caiu em uma rua da área rural. Kelly Barbosa, 30 anos, e o filho dela, de nove, sofreram descarga elétrica após uma árvore derrubar a fiação elétrica.

Últimas de Rio De Janeiro