Por gabriela.mattos

Rio - A ONG belga "Eyes For The World" oferecerá óculos de grau e de sol gratuitos a crianças e idosos moradores de comunidades da cidade, para corrigir problemas de miopia e hipermetropia, além de prevenir o aumento da catarata. Os óculos serão regulados na hora de acordo com cada paciente. Denominada de "Olhos para o Rio", a campanha esteve nesta sexta-feira no Morro Dona Marta, em Botafogo. Ao todo, 50 crianças receberam os óculos. Na próxima segunda-feira, o projeto entregará os produtos no Projeto Saúde Criança, também em Botafogo, às 10h, e na terça-feira, também às 10h, no Ministério Internacional Maranatha, na Cidade de Deus. 

O optometrista belga Koen Von Pottelbergh, criador da ONG “Eyes For The World”, tem o apoio do Cônsul Geral da Bélgica, Bernard Quintin, da Delegação Belga para os Jogos Rio 2016, da empresa de consultoria Ernest Young e de oftalmologistas do Hospital Federal da Lagoa para concretizar o projeto no Rio. Esta é a segunda vez que a ONG atua no Brasil. A primeira ação foi durante a Copa do Mundo de 2014, quando a seleção belga de futebol apoiou a causa e ajudou a entregar óculos de grau ajustáveis em cidades que sediaram jogos do mundial, como São Paulo e Belo Horizonte, além do Rio de Janeiro.

Crianças e idosos ganham óculos de grau e de sol na campanha 'Olhos para o Rio'Divulgação

No Rio, serão doados cerca de mil pares de óculos de grau e de sol até o fim dos Jogos Rio 2016. A primeira leva foi doada no dia 9 de agosto, na ala oftalmológica do Hospital Federal da Lagoa. No local, oftalmologistas e optometristas fizeram exames nos pacientes para identificar o tipo e o grau do problema oftalmológico. A entrega foi possível graças ao apoio do Doutor Bernardo Pinto, chefe da divisão de oftalmologia do hospital. Centenas de óculos foram entregues à direção do hospital para que outros pacientes recebam a doação em futuras consultas.

Chefe da Oftalmologia do Hospital da Lagoa%2C Bernardo Pinto%2C participou da entrega dos óculos nesta sexta-feira%2C no Morro Dona MartaDivulgação


Você pode gostar