Propaganda de Carlos Vilela dirá que adversário nomeou homem citado na Lava Jato

Marcelo Sereno (PT) foi alvo de delação premiada no esquema de corrupção

Por O Dia

Rio - Embora as eleições sejam municipais, o início da campanha, vai trazer uma série de componentes do cenário nacional. Em Queimados, o candidato Carlos Vilela (PMDB) dirá que seu principal adversário, Zaqueu Teixeira (PDT), nomeou Marcelo Sereno (PT) para trabalhar em seu gabinete.

Sereno foi citado em delação premiada na Operação Lava Jato. De acordo com o fornecedor da Petrobras Zwi Skornicki, a empresa Zaama Planejamento e Gestão Empresarial, que pertence à mulher de Sereno, foi usada para pagamento de propina ao PT.

Lula x Aécio

Enquanto Jandira Feghali, candidata do PCdoB à Prefeitura do Rio, pretende explorar ao máximo a imagem do ex-presidente Lula (PT) em sua campanha na TV, Aécio Neves (PSDB) estará fora das inserções do candidato tucano Carlos Osorio. “Tenho carta branca para chamar o Aécio a hora que quiser. Mas, num primeiro momento, quero me apresentar e falar sobre a cidade”, diz. 

Novos planos

Secretária municipal de Integração Metropolitana do Rio, a ex-deputada Graça Matos (PMDB) foi exonerada ontem, a pedido, por Eduardo Paes. Deixou o cargo para concorrer como vice na chapa do prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim (PR), candidato à reeleição.

Só que...

Mulim e Graça se esqueceram de um detalhe: o prazo estipulado pelo Tribunal Superior Eleitoral para que candidatos a prefeito e vice-prefeito deixassem cargos em secretarias terminou em 2 de junho — 4 meses antes da eleição. E agora, Mulim?

Falando nele...

Irmã do prefeito, Elaine Mulim é sua secretária Chefe de Gabinete, com salário de R$ 11,5 mil mensais. Mulim, o político, diz não ver problema em nomear a irmã porque a lei do nepotismo só proíbe nomeações em cargos abaixo do primeiro escalão.

Picadinho

Aulas gratuitas de jazz, balé, dança urbana e dança contemporânea são oferecidas pela Portus Cia de Dança no Centro de Educação Multicultural, na Penha. Informações pelo 2290-4311.

A peça ‘Feliz Ano Novo, de novo’ pode ser vista de sexta a domingo, às 20h30, no Teatro Maria Clara Machado, na Gávea. Destinada a deficientes visuais, o espetáculo explora sentidos como audição, olfato, paladar e tato. Ingresso a R$ 40 (inteira).

Últimas de Rio De Janeiro