Propaganda no rádio e na TV começa nesta sexta

Programa eleitoral vai até 29 de setembro

Por O Dia

Brasília - Começa hoje o horário eleitoral gratuito na TV e nas emissoras de rádio. A propaganda do primeiro turno das eleições municipais será mais curta: terá 35 dias (acaba em 29 de setembro). Uma das novidades é que não há mais blocos para candidatos a vereador, somente para prefeito.

Os blocos serão transmitidos em dois períodos diários de 10 minutos cada, de segunda-feira a sábado, somente para candidatos a prefeito. No rádio, acontecerão de 7h às 7h10 e de 12h às 12h20. Na TV, de 13h às 13h10 e de 20h30 às 20h40.

Entre os candidatos a prefeito, o deputado federal Pedro Paulo Carvalho (PMDB) terá o maior tempo no horário eleitoral: três minutos e meio em cada bloco, além de 30 inserções (comerciais) de 30 segundos por dia.

Carmen Migueles%2C do Partido Novo%2C tem 5 segundos no horário eleitoral Maíra Coelho / Agência O Dia

Jandira Feghali (PCdoB) ficou com o segundo maior tempo: ganhou um minuto e 27 segundos no programa, e 12 inserções.Em seguida, vem Índio da Costa (PSD), com um minuto e 24 segundos no horário eleitoral gratuito, e 12 comerciais.

Marcelo Freixo (Psol) ficou com 11 segundos no programa, e 46 segundos para usar, por dia, em inserções. Os candidatos do Partido Novo, Carmen Migueles; do PSTU, Cyro Garcia; e do PCO, Thelma Bastos; ficaram com cinco segundos no horário eleitoral gratuito, e 22 segundos para os comerciais.

Ontem, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que caberá às emissoras de rádio e televisão estabelecer quais candidatos dos chamados partidos nanicos poderão participar dos debates eleitorais. A medida afeta candidatos como Marcelo Freixo, em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto, e que ficou de fora do debate da Bandeirantes. 

Últimas de Rio De Janeiro