Informe do DIA: 'Pedro Paulo é a Dilma do Paes', diz Carlos Osorio

Candidato à prefeitura do Rio sobe o tom contra o ex-aliado do PMDB

Por O Dia

Rio - Em quarto nas pesquisas de intenção de voto, tecnicamente empatado com outros quatro candidatos, Carlos Osorio (PSDB) sobe o tom contra o ex-aliado Pedro Paulo Carvalho (PMDB), indicado por Eduardo Paes para a prefeitura.

“O Pedro Paulo é a Dilma do Paes. Ou o Pezão do Paes. Para emplacar o sucessor nas campanhas, Lula e o PMDB enganaram. Pintaram um cenário maravilhoso pela frente. Lula no governo federal, o Cabral no estadual. Se o Pedro Paulo for eleito, o destino será o mesmo”, diz o ex-peemedebista.

Secretário municipal de Transportes de outubro de 2012 a abril de 2014, o tucano diz que a prefeitura passará por dificuldades por ter assumido, para a realização da Olimpíada, obras que cabiam aos governos federal e estadual.

Saúde em pauta
Eduardo Paes rebate crítica de Marcelo Crivella (PRB) sobre redução de investimentos em saúde: “O bispo Crivella tem ido à televisão dizer inverdades. No meu segundo mandato, aplicamos R$ 6,68 bilhões a mais que no primeiro mandato. Dados do (portal) Rio Transparente.”

Convite
O Tribunal Regional Eleitoral elabora uma denúncia que vai trazer dor de cabeça a Pedro Paulo. O alvo foi um evento organizado por uma coordenadora da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, anteontem. Identificada como Jô, ela convidou, via redes sociais, todos os funcionários da pasta para um encontro com o candidato.

Uso da máquina
Apesar de dizer que o evento era para “fortalecer a política de assistência social”, o convite trazia a hashtag “chega junto”, usada na campanha de Pedro Paulo. 

Fiscalização
O TRE foi avisado sobre o encontro. Assim que o evento começou, os fiscais... chegaram junto. A denúncia será apresentada nos próximos dias.

Nota Carioca
A prefeitura alerta: consumidores têm até o dia 30 para resgatar cerca de R$ 40 milhões em créditos referentes à Nota Carioca. Os valores, que expiram após a data, podem ser recebidos em dinheiro ou abatidos do IPTU de 2017. Cerca de 570 mil pessoas cadastraram o CPF e têm quantias a receber. Informações no site www.notacarioca.rio.gov.br .

Últimas de Rio De Janeiro