Propaganda eleitoral na TV de Pedro Paulo é suspensa pelo Tribunal Eleitoral

TRE diz que candidato do PMDB usou equipamentos públicos. Campanha de Pedro Paulo recorreu e aguarda decisão para a exibição hoje à noite

Por O Dia

Pedro Paulo%3A candidato a prefeito, teve propaganda da TV suspensa nesta quarta-feiraSeverino Silva / Agência O Dia

Rio - O candidato a prefeito do Rio pelo PMDB, Pedro Paulo, teve sua propaganda eleitoral na TV suspensa na tarde desta quarta-feira após decisão judicial do Tribunal regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE) por utilizar imagens em equipamentos públicos, proibido pela Lei 9.504/97. A campanha do candidato recorreu em segunda instancia e aguarda decisão para a exibição à noite.

No vídeo, de acordo com a representação, o candidato peemedebista aparece dentro de um coletivo no BRT. Para o TRE, o candidato está “realizando promoção pessoal pela realização da obra pública da municipalidade”. De acordo com a Lei 9.504/97, “é vedada a veiculação de propaganda de qualquer natureza, inclusive pichação, inscrição a tinta, colocação de placas, faixas, estandartes, cavaletes, bonecos e peças afins em bens em que o uso dependa de cessão ou permissão do poder público, ou que a ele pertençam”.  

De acordo com levantamento feito pelo Datafolha, divulgado no final de agosto, Pedro Paulo é conhecido por 66% do eleitorado e tem 5% das intenções de voto. Já o candidato do PRB, Marcelo Crivella,  tem 99% de reconhecimento e lidera as intenções de voto, com 28%. A margem de erro é de três pontos percentuais.

Últimas de Rio De Janeiro