Funcionário de Naldo é autuado por estelionato ao tentar viajar com nome falso

Homem da equipe do cantor teria fingido ser outra pessoa para não pagar taxa de reemissão da passagem no Galeão, na manhã deste domingo

Por O Dia

Funcionário de Naldo Benny é autuado por estelionatoWilliam Oda / Ag.News

Rio - Um integrante da equipe do cantor Naldo Benny foi autuado em flagrante por estelionato ao tentar embarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim usando um nome falso na manhã deste domingo.

Segundo o titular da Delegacia do Aeroporto (Dairj), delegado Rodrigo Freitas, Anderson Barbosa da Silva queria pegar o vôo das 7h20 da Tam para Salvador (BA), onde o cantor faria show, usando passagem aérea em nome de ex-integrante da banda. O objetivo, disse o delegado, era evitar a compra de outra passagem.

Acompanhado por dois outros integrantes da equipe do cantor, Anderson se apresentou como Julis Nelson Souza de Oliveira e disse que havia extraviado sua carteira de identidade. Em consulta ao Portal de Segurança, os agentes da Dairj verificaram que a fotografia do sistema não pertencia a ele.

“Muita gente perde o documento mesmo, outros não. É para pegar pessoas como ele que adotamos essa rotina”, explicou Freitas.

Foi então que Anderson admitiu o verdadeiro nome e afirmou ter sido orientado pelo produtor Luiz Claudio Cantarino a efetuar um falso extravio de documento para não pagar a taxa de reemissão da passagem.

A assessoria de Naldo informou que Anderson não faz parte da equipe e que viajaria para cobrir a ausência de outro integrante. A fiança arbitrada pela polícia foi paga, e ele, liberado.

Por meio de nota, o cantor Naldo, seu empresário e a empresa Naldo Music disseram não ter qualquer conhecimento das atitudes tomadas no aeroporto e repudiaram o ocorrido.

Últimas de Rio De Janeiro