Rapper tem carro coberto por cascas de banana na Zona Norte do Rio

Marcello Silva, conhecido no meio musical como Dughettu, acredita que foi racismo e procura por imagens de segurança para identificar autor do ato

Por O Dia

Rio - Marcello Silva, conhecido no meio musical como o rapper Dughettu, teve uma surpresa desagradável na tarde de domingo. Ao sair de uma clínica veterinária, em São Cristóvão, onde seu cão de 19 anos teve que ser sacrificado  por conta de uma doença terminal, o jovem se deparou com seu carro coberto por cascas de bananas. 

Rapper tem carro coberto por cascas de bananasReprodução Internet

"Hoje fui vítima de um ataque racista. Fui junto com meu irmão fazer a eutanásia do meu cão. Parei meu carro em um estacionamento de rua ao lado de uma fileira de 15 carros. Fiquei por 30 minutos na clínica e ao retornar me deparei com meu carro desenhado com cascas de banana", relatou o rapper. 

Ainda de acordo com Marcello, ele fez um boletim de ocorrência na 17 ª DP (São Cristóvão. Entretanto, a identidade do autor do ato ainda é desconhecida. "A partir de amanhã início uma investigação através das câmeras de vigilância pra tentar identificar a pessoa. Seja como for, esse foi um tiro de elite. Mesmo já tendo sofrido diversos atos preconceituosos, esse me derrubou. Quem me conhece sabe que enfrento esses problemas sempre com muita força. Mas confesso que esse tiro de hoje foi pesado. O GUETO sangrou e esta de luto, mas tenham certeza que vai continuar de pé", continuou ele em um post publicado em seu perfil no Facebook.


Últimas de Rio De Janeiro