Homem provoca comoção ao chutar cão

Fúria dos internautas nas redes sociais é tão grande que o agressor passou a receber até ameaças de morte

Por O Dia

Rapaz alegou que estava bêbadoReprodução Vídeo

Rio - A agressão de um homem a um vira-lata em Valença, no Sul Fluminense, flagrada pela câmara de uma empresa, viralizou na internet, provocando comoção. A fúria dos internautas nas redes sociais é tão grande que o agressor passou a receber até ameaças de morte.

No dia 14, um cabeleireiro de 36 anos, em companhia da namorada, parou o carro no Centro e deu um pontapé no cão, de nome Amarelo.

“Isso é repugnante e covarde”, resumiu um internauta. A atitude do agressor, que já respondia por lesão corporal, ameaça e desobediência, foi denunciado pela própria namorada e pela ONG ‘O Grito dos Bichos’ à 91ª DP (Valença). “Ele confessou que, por estar embriagado, agrediu o cachorro, mas se disse arrependido”, comentou o delegado Luciano dos Santos.

Uma radiografia indicou possível coágulo no rim do cão e uma cirurgia não está descartada. Numa rede social, o agressor admitiu que dirigia bêbado e que irá arcar com as despesas do cão. “É com grande vergonha e arrependimento que venho a público pedir perdão pelo meu ato convarde e desumano. Eu estava alcoolizado”, escreveu.

Reynaldo Velloso, presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais OAB/RJ, disse esperar que, além de prisão por crime ambiental, que pode variar de três meses a um ano, e multa, o agressor também seja processado por dano moral coletivo. “O artigo 32 da Lei 9.605 enseja isso nestes casos de grande repercussão”, justificou.

Últimas de Rio De Janeiro