Esquadrão antibomba é acionado para retirar granada do Fashion Mall

Pessoas que estavam no local ficaram assustadas. Parte da Estrada da Gávea ficou interditada por 3h e artefato foi detonado por esquadrão

Por O Dia

Esquadrão antibomba é acionado para retirar granada do Fashion MallSeverino Silva / Agência O Dia

Rio - Uma granada foi encontrada nesta sexta-feira na porta do shopping Fashion Mall, em São Conrado, Zona Sul do Rio. Por conta disso, o espaço, que deveria abrir às 10h, ficou fechado e foi reaberto por volta das 11h30. O explosivo foi detonado em um local seguro por agentes do Esquadrão Antibombas da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core).

De acordo com nota da assessoria do shopping, seguranças encontraram o artefato na porta lateral do local e avisaram a Polícia Militar. Homens do 23ª BPM (Leblon) isolaram a área até a chegada do Esquadrão Antibombas. Para explodir a granada, os dois sentidos da Autoestrada Lagoa-Barra foram interditados por mais de 20 minutos. Agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) auxiliaram o trânsito na região e montaram desvios. Mesmo assim o tráfego de veículos foi alto.

Segundo o Esquadrão Antibombas, a granada defensiva era de uso militar e muito antiga. Ela foi explodida no local, já que apresentava riscos. Segundo agentes, o artefato deve ter sido colocado no local e não arremessado. “Ao lançar a granada, ela já sai pronta para o trabalho que foi construída”, explicou o comissário Cassiano Martins.

Os fragmentos foram recolhidos e devem ser encaminhados para perícia. Um inquérito foi aberto pela 15ª DP (Gávea) para apurar as circunstâncias. Os agentes vão analisar as câmeras de segurança do shopping para saber como a granada foi parar na porta do estabelecimento.

No período anterior à Olimpíada no Rio, uma série de artefatos e alarmes falsos sobre bombas levaram agentes do Esquadrão Antibombas a entrar em ação. No dia 18 de julho, uma granada foi encontradaem frente à Escola Municipal Rinaldo de Lamare, em São Conrado, também na Zona Sul. O local fica perto da 11ª DP (Rocinha). Bagagens suspeitas, abandonadas em pontos de grande movimentação de pessoas, também assustaram muita gente. Como a que foi encontrada na Rua General San Martin, entre as ruas Carlos Góis e Almirante Guilhem, no Leblon.

No início de agosto, um alarme falso chegou a parar a circulação do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) por mais de duas horas. A suspeita era de que uma bomba estaria em uma mochila na estação Aeroporto Santos Dumont.

Últimas de Rio De Janeiro