Seguranças que faziam escolta de cargas são encontrados mortos na Dutra

Policiais reformados reagiram a uma tentativa de assalto. Caminhão que era escoltado carregava eletrodomésticos e foi abandonado após o crime

Por O Dia

Rio - Dois homens foram encontrados mortos, na manhã desta sexta-feira, na Rodovia Presidente Dutra, na altura de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. As vítimas estavam em dois carros e faziam a escolta de cargas por uma empresa de segurança.

Os mortos foram identificados como William Pires de Carvalho e Alcemir do Carmo. Segundo a Polícia Civil, as vítimas eram PMs reformados e foram assassinados após terem reagidos a uma tentativa de assalto, na altura do Km 184, sentido São Paulo. O crime aconteceu por volta das 5h. O caminhão que era escoltado carregada eletrodomésticos e foi abandonado pelos criminosos em Nova Iguaçu. 

Seguranças que faziam escolta de cargas são encontrados mortos na DutraIvan Teixeira / Jornal de Hoje

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que várias cápsulas de fuzil e pistola 9 milímetros foram encontradas na via. Por volta das 8h, a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) fez uma perícia no local para apurar as circunstâncias e a autoria do crime.

As vítimas estavam em um carro da empresa de segurança Macor, que funciona em Vista Alegre, na Zona Norte do Rio.

Carro da escolta ficou perfurado com os tirosDivulgação/PRF

Procurada, a Polícia Militar limitou-se a dizer que o 'caso estava sendo acompanhado pela Polícia Federal' e que não iria dar mais detalhes sobre a possível relação dos seguranças da empresa com a corporação. 

DIA também procurou a Macor. No entanto, um funcionário, que não quis se identificar, afirmou que profissionais da empresa foram para o local do crime e que estão acompanhando a perícia. 

Últimas de Rio De Janeiro