Vândalos depredam nove ônibus do BRT

Ataques foram cometidos em menos de 24h em Bonsucesso, Madureira e Vaz Lobo

Por O Dia

Rio - Nove ônibus quebrados e retirados de circulação, com milhares de passageiros prejudicados. Esse foi o saldo de dois ataques de vândalos ao sistema BRT, cometidos em menos de 24 horas, entre a noite de terça-feira e a manhã de ontem.

De acordo com o consórcio operador dos BRTs, um ônibus do Transcarioca foi depredado ontem, por volta de 8h40, na estação Cardoso de Moraes, em Bonsucesso, após uma manifestação de menores de um abrigo local. Vidros dianteiro e laterais foram destruídos. Os serviços chegaram a ser interrompidos na estação e o 22º Batalhão da PM (Maré) foi mobilizado.

Na terça-feira, por volta de 18h30, vândalos quebraram vidros de oito ônibus junto às estações Vila Queiroz e Otaviano, em Madureira, e Vaz Lobo. O ataque também suspendeu momentaneamente o serviço nesses locais.

Veículo depredado ontem teve vidros dianteiro e laterais quebradosDivulgação

Segundo o consórcio, os veículos foram retirados de operação durante pelo menos 24 horas para conserto. No último ano, o BRT teve cerca de 22 mil ordens de serviço para reparos de portas automáticas e a reposição de 2 mil vidros fixos, dois dos principais alvos do vandalismo. Só com esses itens o consórcio diz que tem um prejuízo médio de R$ 250 mil por mês, incluindo mão de obra.

Sobre o ataque de ontem, a Polícia Militar informou que os menores não estavam no local quando os policiais do 22º BPM chegaram. A PM não respondeu sobre o fato ocorrido na terça-feira. Procurada, a assessoria de comunicação da Polícia Civil não deu informações sobre as investigações.

Depois de quase seis meses inativa, por ter sido incendiada no dia 28 de março, a estação Vila Queiroz (uma das afetadas pelos últimos ataques) foi reaberta na sexta-feira passada. A estação tinha sido destruída em protesto pela morte do menino Ryan Gabriel Pereira dos Santos, de 4 anos, vítima de bala perdida enquanto brincava no Morro do Cajueiro, em Madureira.

Últimas de Rio De Janeiro