Por karilayn.areias

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios (DH-Capital) prenderam , na tarde desta quinta-feira, Gláucio Ramos Menezes, de 23 anos, acusado de matar a tiros um militar da Marinha, em dezembro do ano passado, no bairro de Campo Grande. Ele, que é integrante da milícia Bela Vista, que atua no bairro da Zona Oeste, foi capturado dentro de um condomínio na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca.

Homem é acusado de homicídioDivulgação

Contra Gláucio foi cumprido mandado de prisão pelo crime. Em março deste ano, o autor dos disparos, Bruno Caetano Campos, 24, foi preso em Conceição de Jacareí, na Costa Verde, onde se refugiou na casa de familiares. Um mês depois, dois homens suspeitos de integrarem o grupo paramilitar foram capturados por agentes da DH-Capital, em Campo Grande.

Segundo o delegado Fábio Salvadoretti, da DH-Capital, Gláucio foi quem entregou a arma para Bruno atirar contra o militar da marinha. "Ele é um criminoso periculoso e altamente conceituado dentro do grupo. Estava escondido dentro deste condomínio", disse o policial.

Você pode gostar