Informe: Cresce movimento a favor de Jorge Picciani no comando do estado

Para governistas e até mesmo deputados de oposição, presidente da Casa tem 'mais liderança' que Dornelles e Pezão

Por O Dia

Rio - Cresce na Assembleia Legislativa (Alerj) um movimento que quer ver Jorge Picciani (PMDB), presidente da Casa, no comando do governo do estado. Governistas e até mesmo deputados de oposição dizem que ele tem “mais liderança” que Francisco Dornelles e Pezão — o último ainda se recupera de um tratamento para o combate a um linfoma. 

Os parlamentares que sustentam a tese dizem que, assumindo o governo, Picciani teria mais condições de fazer um sucessor do PMDB em 2018. E que a boa relação dele com o presidente Michel Temer poderia render frutos.

"O Pezão já tem três processos de impeachment abertos contra ele, e o Dornelles não passa liderança”, diz um deputado de um partido de oposição.

Pressão

Possibilidade real? Instrumento de pressão? Aguardamos cenas dos próximos capítulos.

Mal-estar

Posts de Milton Temer (Psol) no Facebook geram mal-estar na esquerda. Em um deles, o correligionário de Marcelo Freixo associa a migração de votos de Jandira Feghali (PCdoB) para Marcelo Crivella (PRB) “à sequela do lulopragmatismo”.

Resposta

Presidente do PT do Rio, Bob Calazans rebate: “Parece que o Freixo quer ganhar a eleição, mas parte do Psol, não. De qualquer forma, o PT vai apoiar o Freixo. Com setores do Psol querendo ou não”, diz.

Perigo, perigo, perigo

Quem circula pelo viaduto da Barra, nas proximidades do shopping Downtown, corre um risco danado. Como a passagem é estreita e não cabem mais de duas pessoas, o pedestre tem que decidir se corre o risco de cair do viaduto — o corrimão fica na altura do joelho — ou de ir para a pista dos carros e ser atropelado.

Últimas de Rio De Janeiro