Mulher é resgatada após dias em cativeiro com sequestradores

Vítima contou que sofreu abuso sexual e ameaças de morte. Dois homens foram mortos na ação e outros seis presos durante ação policial na Baixada

Por O Dia

Rio - Uma mulher de 26 anos que estava desaparecida desde o último sábado foi resgatada por policiais da Delegacia Antissequestro (DAS), no final da noite desta segunda-feira, em um cativeiro, em Saracuruna, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Dois homens foram mortos na ação e outros seis presos. A quadrilha era formada por milicianos, segundo a polícia.

Os policiais encontraram a mulher amordaçada e machucada. Ela contou que era abusada sexualmente e constantemente ameaçada de morte mesmo que o pagamento do resgate fosse feito, pois conhecia os sequestradores. A vítima ainda revelou que esse não foi o primeiro sequestro.

Parte de quadrilha formada por milicianos que sequestrou mulher em Saracuruna%2C em Duque de Caxias Reprodução TV Globo

A vítima passava de carro por Saracuruna quando foi abordada pelos milicianos e sequestrada. Em seguida, foi levada ao cativeiro, onde os criminosos passaram a negociar seu resgate com a família até a tarde desta segunda-feira, quando os parentes pediram socorro aos agentes da DAS.

Assim que assumiu a investigação, a polícia marcou um local de encontro e conseguiu prender um dos bandidos e fazer com que ele os conduzisse ao local de cativeiro. Lá houve troca de tiros.

Uma metralhadora, uma pistola, um revólver e duas granadas foram apreendidos. O carro da vítima foi recuperado. Os detidos e a mulher foram encaminhados para a sede da Delegacia Antissequestro, no Leblon, Zona Sul do Rio.

Últimas de Rio De Janeiro