Orla Rio é autuada por desabamento de quiosque em Copacabana

Acidente na praia de Copacabana deixou seis pessoas feridas; Multa pode chegar à casa dos R$ 9 milhões

Por karilayn.areias

Rio - O Procon Estadual autuou a concessionária Orla Rio pelo desabamento do telhado de um quiosque no calçadão da Praia de Copacabana nesta quinta-feira. O acidente aconteceu na altura da Rua Figueiredo Magalhães e deixou seis pessoas feridas.

Quiosque desaba e fere 6 pessoasDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

De acordo com as leis federais 8.078/1990 e 8.987/1995, as concessionárias têm que oferecer serviços adequados, ou seja aqueles que satisfaçam, entre outras, as condições de eficiência, regularidade e segurança.

A concessionária tem 15 dias úteis, contados a partir do recebimento da notificação, para apresentar a sua defesa. Caso o prazo não seja cumprido ou os argumentos não sejam aceitos pelo Setor Jurídico do Procon Estadual, a Orla Rio será multada. O valor máximo, previsto pelo Código de Defesa do Consumidor, chega à casa dos R$ 9 milhões. 


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia