Por thiago.antunes

Rio - Policiais do 40º BPM (Campo Grande) prenderam em flagrante, na manhã desta quinta-feira, quatro pessoas, entre elas uma mulher, acusadas de integrar uma milícia que atua na Favela da Carobinha, em Campo Grande, Zona Oeste do Rio. Eles foram localizados por equipes do serviço reservado (P2) da unidade, em um Kia Sorento e em um Chevrolet Captiva, pela Estrada Sete Riachos.

Segundo a PM, o objetivo da ação, coordenada pelo major Mattos e com efetivo de 62 militares, era prender envolvidos na morte do cadete do Exército William dos Santos Filho, de 23 anos, que foi executado na terça-feira à noite na Estrada Sete Riachos, altura de Santíssimo. O militar foi enterrado nesta tarde no cemitério Jardim da Saudade, em Paciência. A incursão também teve apoio do 14º BPM (Bangu) e 27º BPM (Santa Cruz).

PMs prenderam quatro pessoas suspeitas de integrar milícia na Favela da Carobinha%2C em Campo GrandeDivulgação

Ainda de acordo com os PMs, além dos veículos, com o grupo foi apreendido uma pistola, carregadores, munições, 240 cartões de créditos, seis talões de cheques, oito celulares, três relógios, dois cordões, dois anéis e uma carteira falsa do Exército. O chefe da milícia local é conhecido apenas como Naldo. Ele não foi capturado.

Dentro da comunidade da Carobinha, os PMs recuperaram 12 carros, três kombis, três vans de transporte alternativo e 11 motos. Um caminhão roubado na área do 24º BPM (Queimados) também foi localizado. A ocorrência foi encaminhada para a 35ª DP (Campo Grande).

Você pode gostar