Informe do DIA: PDT quer Eduardo Paes para disputar governo em 2018

Partido mira prefeito e as conversas prometem se intensificar a partir da semana que vem

Por O Dia

Rio - O PDT quer que o prefeito Eduardo Paes deixe o PMDB e se filie ao partido para disputar o governo do estado em 2018. “Este é o desejo do presidente nacional do PDT (Carlos Lupi) e de todos nós. Estamos de braços abertos”, diz Trajano Ribeiro, presidente do diretório municipal e dirigente dos diretórios estadual e nacional. As conversas prometem se intensificar a partir da semana que vem.

A insistência de Paes em lançar Pedro Paulo na corrida pela prefeitura gerou desgaste interno no PMDB. Paes, contudo, ainda é o nome do partido para o Palácio Guanabara. 

Ao telefone

Sérgio Cabral nunca abandonou os bastidores. Mas, após a derrota do PMDB no primeiro turno, tomou as rédeas para si. Tem ligado para Deus e o mundo para tratar dos rumos do partido.

Direito de resposta

Anthony Garotinho (PR) entrou na Justiça cobrando direito de resposta por conta de propaganda eleitoral de Marcelo Freixo (Psol). “Não tenho nenhuma condenação por desvio de dinheiro ou improbidade administrativa, como o candidato afirma”, diz o ex-governador. Na peça, o psolista fala que, elegendo Marcelo Crivella (PRB), Garotinho estaria de volta ao poder.

Crivella e a Mãe Loura

O candidato do PRB já se encontrou com vereadores do DEM, do PTB e até do... PT, partido que formalmente apoia Freixo. Do PMDB, Crivella buscou desde o presidente da Câmara, Jorge Felippe, até a funkeira Verônica Costa.

Brics

O presidente Michel Temer, que viajou ontem para a India, quer reforçar os laços com os Brics — bloco de cooperação comercial formado por Brasil, Rússia, India, China e África do Sul. Acordos aduaneiros e protocolos para reduzir a burocracia alfandegária são discutidos por sua equipe.

Itinerâncias

Deputado federal no governo de Juscelino Kubitschek e ex-prefeito do Rio, Saturnino Braga, de 85 anos, escreve sua autobiografia. Intitulado ‘Itinerâncias’, o livro de memórias será lançado em março pela editora Record.

Últimas de Rio De Janeiro