Informe do DIA: Vantagem de Crivella sobre Freixo provoca debandada no Rio

Parte da equipe da prefeitura e até mesmo do governo do estado sinaliza apoio ao candidato do PRB

Por O Dia

Rio - A vantagem de Marcelo Crivella (PRB) sobre Marcelo Freixo (Psol) nas pesquisas de intenção de voto fez com que parte da equipe da prefeitura — e até mesmo do governo do estado — se bandeasse para os lados do candidato do PRB.

Presidente da RioEventos, empresa pública do município, André Marini compareceu anteontem a um jantar em apoio a Crivella. Marini foi nomeado para o cargo por Eduardo Paes em junho.

O subsecretário estadual de Turismo, Luiz Carlos Velloso, e o presidente da TurisRio, Paulo Senise, também participaram da cerimônia. Ambos estão no governo desde o início do mandato de Pezão, em 2015. O evento ocorreu na casa do empresário paraibano Ricardo Rique, ex-deputado federal, em Ipanema.

Opção

A ida de Velloso e Senise, dizem interlocutores, caracteriza “apenas o apoio ao que acreditam ser a melhor opção no momento”.

Já na prefeitura...

O Informe publicou, antes do primeiro turno, que funcionários da Secretaria Municipal de Saúde já procuravam se aproximar do vereador Carlos Eduardo (SD), então possível secretário de Crivella, e de Paulo Pinheiro (Psol), possível secretário de Marcelo Freixo (Psol).

‘Rei morto, rei posto’

Uma pessoa próxima a Crivella resume a situação: “Rei morto, rei posto”. E afirma que parte do secretariado de Paes resiste a “tirar o paletó de trás da cadeira”.

Surpreso

Paes chegou ontem de viagem ao exterior. Disse ter muito trabalho pela frente até dezembro e se mostrou surpreso com a maneira rápida como aliados se debandaram para o lado de Crivella.

A volta dos que... 

O Diário Oficial do Município trouxe ontem a nomeação de 55 funcionários comissionados com datas retroativas de 3 e 10 de outubro. São servidores que haviam deixado o cargo para trabalhar na campanha de Pedro Paulo (PMDB).

Ocupa Mendes

Já o Diário Oficial do Estado trouxe a exoneração de Caio Castro Lima do gabinete de Affonso Monnerat, secretário de Governo. Ex-funcionário da Secretaria de Educação, Lima foi pivô de confusão com alunos e professores da escola Prefeito Mendes de Moraes, na Ilha, em maio.

Últimas de Rio De Janeiro