Corpo de policial civil morto em Bonsucesso é enterrado

Inspetor estava há quase 30 anos na corporação e iria se aposentar. Ele havia acabado de deixar um pagode quando foi abordado por criminosos

Por O Dia

Rio - O corpo do policial civil Sergio Waldyr de Oliveira, morto numa tentativa de assalto na Zona Norte do Rio na madrugada desta segunda-feira, foi enterrado nesta terça-feira. O sepultamento ocorreu no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, Zona Portuária da cidade, às 11h. O cortejo foi acompanhado por parentes e colegas de profissão do agente.

Policial civil Sergio Waldyr de Oliveira foi morto quando passava de carro%2C por Bonsucesso%2C em sua folga Reprodução Facebook

O inspetor era lotado na na 21ª DP (Bonsucesso) e estava há quase 30 anos na corporação. Ele iria se aposentar neste ano.

Sergio foi morto quando passava de carro pela Rua Leopoldina Rego, em Bonsucesso, após deixar um pagode, com duas amigas, em Olaria. Ele foi abordado por cerca de quatro homens em outro veículo. 

Segundo o irmão do policial, Anderson Vidal de Oliveira, ele recebeu ordens para descer do carro e foi alvejado no tórax, braço e nuca. O carro do policial, uma Mitsubishi Triton, foi abandonado em Benfica e queimado. A arma de Sergio Waldyr foi levada.

A Delegacia de Homicídios (DH-Capital) assumiu o caso e investiga uma tentativa de assalto.

Últimas de Rio De Janeiro