Por clarissa.sardenberg

Rio - Sem coletes, armados com fuzis e pistolas, cinco homens trocaram tiros com seguranças em frente a uma padaria na Avenida Meriti, em Vila da Penha, para roubar uma carga de cigarros. Quatro pessoas foram baleadas — duas estavam na calçada, uma dentro de um táxi e outra em uma banca de jornal. Nenhuma das vítimas corre risco de morrer. A tentativa de assalto em plena luz do dia, às 8h30, deixou pelo menos três carros fuzilados.

Atônito, Luiz contava o número de buracos que ficou no seu veículo: 11 no total. “Estava saindo da padaria com minha esposa e amiga. Assim que entramos no carro ouvimos os tiros e abaixamos. Por sorte, todos atingiram a parte traseira. Deus nos salvou hoje (nesta quinta-feira)”, disse.  

Carro perfurado por tiros na Avenida Meriti%2C na Vila da Penha%2C em tentativa de assalto Estefan Radovicz / Agência O Dia

As vítimas foram levadas para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha. Marcos Antônio de Oliveira, de 53 anos, foi atingido no joelho e teve alta. Continuam internadas em estado estável Renata Ferreira Peixoto dos Santos, 36, baleada no tórax e no quadril, e Luiza Rodrigues Reis, 25, atingida no táxi por um tiro de raspão na cabeça. Já Floriano Vieira dos Santos, 62, que comprava um jornal, foi ferido por estilhaços no braço e nas costas e levado para uma unidade particular.

O delegado da 27ªDP (Vicente de Carvalho), Antenor Lopes Júnior, que investiga o caso, acredita que seja a mesma quadrilha que rouba cargas na região. “Eles fugiram pela (Avenida) Martin Luther King, assim como das outras vezes. Estamos fazendo rondas em hospitais, pois pelo menos um dos assaltantes pode ter sido baleado também” . A polícia investiga se o bando, cerca de uma hora antes, roubou um carro para auxiliar na ação. Uma câmera de segurança registrou o assalto.

Dona da carga de cigarros, alvo da ação, a Souza Cruz criticou a falta de segurança. “Roubo de carga é questão de segurança pública e um desafio para o Estado brasileiro, que vê afetadas as empresas que transportam suas mercadorias pelas vias públicas do país”, diz. A empresa cobrou medidas para conter os casos.

Tentativa de roubo de carga deixou feridos na Vila da PenhaEstefan Radovicz / Agência O Dia


Você pode gostar