Campeão estadual, pombo-correio vira sensação em Campos

‘Imbatível’, pombo de três anos e meio ganhou fama ao vencer campeonato estadual de aves corredoras, voando mais de mil quilômetros

Por O Dia

Rio - O Estado do Rio já tem um novo herói no esporte. Mas o “atleta” tem penas. Trata-se de uma ave de três anos e meio de idade. ‘Imbatível’ é o nome do vencedor do Campeonato Estadual de Corrida de Pombos-Correio, e que virou sensação em Campos dos Goytacazes. Ele se sagrou campeão de uma inédita prova, disputada entre 800 exemplares da mesma espécie. O mais novo xodó dos campistas surpreendeu os 50 criadores de pombos corredores do município, ao voar 1.022 quilômetros, entre Salvador (BA) e Campos, em pouco mais de 33 horas, entre o início da manhã de sexta-feira e a tarde de sábado. Até ontem, apenas 300 competidores haviam regressado à cidade do Norte Fluminense.

A vitória de ‘Imbatível’ foi conferida por fiscais e representantes das três associações locais, através de dados da anilha e de um chip inserido na ave. “Estou orgulhoso. É a terceira taça conquistada por ‘Imbatível’ esse ano. Meu campeão, que saiu da capital baiana às 5h30 de sexta-feira e chegou às 14h55 do dia seguinte, também faturou outras duas corridas este ano: uma de 250 e outra de 450 quilômetros”, conta o agricultor Eduardo Pereira, de 40 anos, da União Columbófila de Guarus (UCG), distrito de Campos.

Eduardo Pereira e o pombo-correio de nome Imbatível%2C campeão estadual do Rio%3A "Meu orgulho"Alexandre Cipriano/Divulgação

Hoje, ‘Imbatível’ deve ser apresentado à comunidade em carro aberto. “Vamos recebê-lo como um verdadeiro herói de guerra”, adianta Valtenir Soares Júnior, presidente da UCG. O pombo campeão está recebendo mimos, como ração especial, e está em repouso absoluto, se recuperando, pois perdeu mais de 200 gramas com o esforço empreendido. Eduardo faturou em torno de R$ 3,5 mil.

Valtenir diz que a tendência é que boa parte das outras 500 aves volte aos poucos para seus pombais nos próximos dias. “Chuva e ventania deixaram a maioria desorientada”, detalha, admitindo porém, que alguns podem ter morrido com o esforço excessivo e outros capturados ou mortos por caçadores e gaviões.

Rio já é o segundo estado do país com o maior número de criadores

O Estado do Rio hoje é o segundo maior do país em criadores de pombos-correio, perdendo apenas para Minas Gerais, conforme o DIA noticiou. Campos, com 480 criadores e mais de 50 mil aves do gênero, lidera o ranking entre os poucos municípios fluminenses que se dedicam à atividade. No município, a comercialização de anilhas, tornozeleira de metal que os identificam e são garantia de controle genético e de saúde, chega a 15 mil unidades por ano. Na capital há 50 criadores do Complexo do Alemão, onde estima-se que já existam 2,5 mil pombos desse tipo.

Enaldo Silva, de 48 anos, um dos criadores de Guarus, ressalta que os animais têm acompanhamento de veterinário, nutricionista e até uma espécie de preparador físico. Resultado da mistura de 296 raças apuradas, os pombos-correio que habitam o imaginário romântico pela lenda do leva-e-traz de cartas entre os apaixonados, são uma espécie de ‘primos ricos’ dos pombos comuns.

Últimas de Rio De Janeiro