Padre Omar: Todos os santos

Santo não é só aquele que, por fazer grandes coisas, foi canonizado e ganhou pedestal. Mas todo aquele que buscou viver bem e com coerência a sua vida cristã

Por O Dia

Rio - Provavelmente, quando você fez algo de positivo ou útil por alguém ou uma causa, duvidaram de você e fizeram gracinha chamando de ‘santinho(a)’ ou mesmo pelo nome dum canonizado famoso. O ruim é que isso parece ter deixado marcas negativas, por sinalizar que a santidade não é para nós. Grande erro!

Santo não é só aquele que, por fazer grandes coisas, foi canonizado e ganhou pedestal. Mas todo aquele que buscou viver bem e com coerência a sua vida cristã. A santidade está oculta na simplicidade e no serviço. Santos são nosso modelo de seguimento a Jesus. Por isso, hoje, quando a Igreja celebra Todos os Santos, recordamos não só os canonizados, mas também cada um que nos deixou a sua contribuição de fé, em atitudes concretas.

A festa de hoje destaca ainda que todos nós somos chamados à santidade. Ela é possível. São nossos esforços, dores e sacrifícios em prol do bem e da construção do Reino dos Céus, que, unidos à Cruz pela salvação, legam às gerações.

Como é lindo você pensar que, mesmo sem saber, pode estar ao lado de um santo! Já se deu conta disso? Pois é! Pode haver um santo aí, na sua casa ou no seu trabalho! É isso que festejamos hoje! E que um dia festejemos no céu!

Últimas de Rio De Janeiro