Garotinho deve seguir para presídio em Bangu nesta sexta

Ex-governador está internado à espera de exames no coração, mas ‘regalias’ motivaram transferência para presídio

Por O Dia

Rio - O ex-governador Anthony Garotinho, preso na quarta-feira, passará por um calvário comum aos cariocas e que se tornou um dos temas da campanha deste ano para prefeito do Rio. Com problemas cardíacos, Garotinho passou os últimos dois dias internado no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio, e teve de entrar na fila do SER (Serviço Estadual de Regulação) para realizar exame de cateterismo, a fim de investigar possíveis obstruções de artérias do coração.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que Garotinho deu entrada, no fim da tarde de quarta-feira, na Coordenação de Emergência Regional do Centro com queixa de dores no peito e alteração na pressão arterial e em batimentos cardíacos.

O ex-governador Anthony Garotinho está internado no Hospital Municipal Souza Aguiar%2C no Centro do Rio%2C sob a custódia da Polícia FederalMaíra Coelho / Agência O Dia

Imediatamente foram iniciado os procedimentos médicos para casos de suspeita de infarto. O ex-governador passou por dois eletrocardiogramas e exames laboratoriais que indicaram a necessidade de um ecocardiograma de esforço, realizado na manhã de ontem.

Durante o exame, Garotinho relatou dor intensa, característica de angina, desconforto no coração que em muitos casos antecede o infarto. O exame de cateterismo, no entanto, é feito apenas nas redes estadual ou federal, e o ex-governador terá de esperar até segunda-feira para realizá-lo, no Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro (IECAC), no Humaitá.

No fim da tarde, no entanto, o juiz Glaucemir de Oliveira, da 100ª Zona Eleitoral, em Campos, determinou a transferência imediata de Garotinho para o Complexo Penitenciário de Gericinó.

Anthony Garotinho na superintendência da PF no Rio Maíra Coelho / Agência O Dia

A decisão foi tomada após o juiz ter sido informado das regalias que o ex-governador estaria tendo no Hospital Souza Aguiar. Garotinho está internado na companhia da mulher, a ex-governadora e atual prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, e dos filhos, entre eles a deputada federal Clarissa Garotinho, o que não é permitido aos demais pacientes.

O ex-governador deve ser transferido na manhã desta sexta e, neste caso, deverá ser acompanhado por médicos da rede estadual até o momento da realização do cateterismo, no dia 21.