Pezão diz estar tranquilo após indicação de Hudson ser citada por Cabral

Ex-secretário estadual de Obras começou a carreira política como secretário municipal de Administração de Volta Redonda

Por O Dia

Rio - Apontado pelo Ministério Público Federal como um dos cabeças do esquema de propinas de empreiteiras que levou o ex-governador Sérgio Cabral à prisão, o ex-secretário estadual de Obras, Hudson Braga, começou a carreira política como secretário municipal de Administração de Volta Redonda, no primeiro mandato do prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB), em 1996.

Braguinha, como era conhecido, ficou até o final do segundo mandato de Neto, continuando na administração do sucessor Gothardo Lopes Netto, primo e então aliado de Neto, que exonerou Braguinha ao voltar à prefeitura em 2009.

Braga é apontado pelo MPF como um dos cabeças do esquemaFernanda Almeida / Divulgação

O desembarque no governo estadual veio em seguida. Ele foi subsecretário de Luiz Fernando Pezão, quando estava à frente da Secretaria de Obras e, em 2011, virou o secretário da Pasta até dezembro de 2014. Em depoimento, Cabral afirmou que foi o governador Luiz Fernando Pezão — natural de Piraí e que sempre teve boa relação com o “vizinho” Antônio Francisco Neto — que o apresentou a Hudson.

Ontem, em Brasília, ao ser perguntado por jornalistas sobre a declaração de Cabral à PF, Pezão respondeu: “Tenho muita tranquilidade de discutir nossas obras com qualquer órgão de fiscalização. Tive minha vida virada ao avesso pela Lava Jato e a Polícia Federal arquivou as investigações. Então, tenho muita tranquilidade”.

Últimas de Rio De Janeiro