Por luana.benedito

Rio -  O Procon Estadual descartou, nesta segunda-feira, 141,5 kg de produtos impróprios para consumo em estabelecimentos na Zona Norte do Rio. A Operação Suburbana fiscalizou restaurantes e supermercados em Cascadura, Pilares, Inhaúma, Engenho da Rainha e Abolição. 

A maior parte da mercadoria descartada estava no supermercado Vianense, em Cascadura. De acordo com o órgão, a unidade tinha 94,5 kg de produtos vencidos. Entre eles: garganta salgada, linguiça calabresa e lagarto, na câmara fria, e fondant e amendoim, na padaria. O certificado de potabilidade da água do local também estava vencido.Os fiscais determinaram a limpeza da caixa d'água em 24 horas. 

Procon autua estabelecimentos na Zona Norte do RioDivulgação

Na filial do Guanabara de Cascadura, os fiscais encontraram 21kg de carne bovina previamente moída, o que é proibido por lei. Já no restaurante Garota do Papai, em Pilares, a operação descartou 26 kg de produtos sem especificação de validade e mal armazenados.

Segundo o Procon, as condições da cozinha e da câmara estavam em péssimo estado, com mofo e sujeira. O estabelecimento não tinha certificado para o gás engarrafado. Os fiscais deram o prazo de 15 dias para melhoria e  a saída do gás foi lacrada. 

Procurada pelo DIA,  a gerência do restaurante informou que está trabalhando para as melhorias no local e para cumprir as exigênciais do Procon.

Em nota, a rede de supermercados Guanabara esclareceu que apura o ocorrido e ressaltou que faz questão de cumprir todas as normas estabelicidades pelos órgãos dos governos Federal, Estadual e Municipal. Até o momento dessa publicação, nenhum representante do Vianense foi encontrado. 


 

Você pode gostar