Por gabriela.mattos

Rio - O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado Jorge Picciani (PMDB), informou que a votação do pacote de medidas anticrise começará na próxima terça-feira e vai até o dia 15 de dezembro. O anúncio foi feito após uma reunião com 20 representantes de sindicatos e movimentos de servidores na tarde desta terça-feira.

Deputados vão votar pacote anticrise na próxima semanaPaola Lucas / Agência O Dia

O calendário completo das votações será publicado no Diário Oficial na próxima sexta-feira. No encontro desta tarde, Picciani ressaltou que todos os projetos serão debatidos amplamente, de forma igualitária, em reuniões com os líderes partidários, representantes do governo e servidores. "Se o governo mandar quatro representantes, por exemplo, vamos chamar o mesmo número de representantes sindicais das áreas que forem afetadas pelo projeto".

Das 22 propostas enviadas pelo Executivo ao Legislativo, nove não estão mais em discussão, sendo que uma foi devolvida de imediato. Além disso, outra medida teve a tramitação suspensa pela Justiça e outras sete foram retiradas de pauta. Ao todo, 13 projetos serão votados até o dia 15, em seis sessões ordinárias e uma extraordinária. Esses receberam, ao todo, 693 emendas. 

O projeto de lei complementar 34/2016, último do pacote, será discutido nesta quarta-feira. A medida adapta o orçamento dos poderes à arrecadação real do estado e, consequentemente os repasses mensais que são feitos pelo Executivo aos outros poderes, chamados de duodécimos.

Você pode gostar