Eduardo Paes entrega presidência do C40 à prefeita de Paris

Anne Hidalgo foi eleita para o cargo em agosto. Cerimônia ocorreu na Cidade do México na tarde desta quinta-feira

Por O Dia

México - O prefeito do Rio, Eduardo Paes, entregou a presidência do C40 — grupo no qual as principais cidades se reúnem para promover ações contra as mudanças climáticas — à prefeita de Paris, Anne Hidalgo. A cerimônia ocorreu durante a 4ª edição da Cúpula de Prefeitos do C40, na Cidade do México, México, na tarde desta quinta-feira. Anne já havia sido eleita para o cargo em agosto deste ano.

Durante a entrega, Paes afirmou que o "maior desafio do nosso tempo é o de cooperação" e reforçou que o C40 aumentou sua influência entre os países. "Dobrou de orçamento e integrou novas lideranças. Precisamos intensificar nossa capacidade para enfrentar as mudanças climáticas. É nossa responsabilidade e nosso dever agir e trabalhar para um futuro mais seguro para todos nós", explicou o prefeito.

Eduardo Paes entregou presidência do C40 à prefeita de Paris%2C Anne HidalgoJ.P.Engelbrecht / Divulgação

O evento, que é organizado a cada dois anos, reuniu mais de 50 prefeitos e líderes mundiais comprometidos com ações voltadas às mudanças globais, entre empresários, parlamentares, representantes de ONGs e especialistas. 

Ao passar o cargo para Anne, Paes ressaltou os próximos desafios e destacou a escolha da prefeita de Paris para a liderança do C40. Para o prefeito, ela terá a missão de assegurar que as cidades cumpram a promessa estabelecida na COP 21.

"Reduzir as emissões não é suficiente. Precisamos preparar as nossas cidades para minimizarem as consequências das alterações climáticas. Construir resiliência é vital para superar esta ameaça real. A sociedade civil e o setor empresarial devem se unir para fomentar, juntos, um mundo resiliente e de baixo carbono. A revolução digital também ajuda a alcançar as pessoas e dirigir nossas ações", disse.

Anne também ressaltou que é necessário ter ações mais práticas e que as cidades têm papel fundamental nos desafios das mudanças climáticas. "Tenho a convicção de que elas têm capacidade para enfrentar estes desafios que são planetários. Não temos tempo para esperar, temos que adotar as ações de forma imediata", completou a prefeita de Paris.

A 4ª edição do seminário revelou que, em apenas uma década, as grandes cidades do mundo precisarão reduzir emissões de gás carbônico de mais de cinco toneladas per capita para 2,9 toneladas anuais. Até 2020, as cidades do C40, que representam mais de 600 milhões de pessoas, têm o potencial de reduzir as emissões em 645 mil toneladas.

Últimas de Rio De Janeiro