Cinco bairros concentram 40% dos homicídios do Rio

Delegado Rivaldo Barbosa explica que número faz parte de estudos feitos há cinco anos pela DH

Por O Dia

Rio - Os bairros de Santa Cruz, Campo Grande, Bangu e Realengo, na Zona Oeste, e Pavuna, na Zona Norte concentram 40% dos homicídios no Rio. Quem afirma é o delegado da Divisão de Homicídios (DH), Rivaldo Barbosa, após a divulgação dos números crescentes de violência no Rio, pelo Instituto de Segurança Pública (ISP).

O delegado explica que o número faz parte de estudos feitos há cinco anos pela equipe de inteligência da DH para “desenhar a mancha criminal no estado”. “Esse é um dado estratégico que utilizamos para colocar nossos esforços em determinadas áreas”, pontuou o delegado. Em Campo Grande, Barbosa diz que chegou a ter 22 homicídios por mês desde que começaram a atuar no local, em 2011. “Diminuímos para três, em média”, disse Barbosa.

Por conta da predominância de diferentes atividades criminosas nessas regiões, Barbosa precisa do esforço de sua equipe para montar diferentes estratégias de investigação para combater as fatalidades. “Em Campo Grande e Santa Cruz, a milícia e o tráfico são muito fortes. Na Pavuna, o tráfico de drogas predomina. Em Bangu e Realengo, tráfico, milícia, jogo... Um pouco de tudo”, avalia o delegado.

Últimas de Rio De Janeiro