Por gabriela.mattos
Acidente deixou vários feridosDivulgação

Rio - O Corpo de Bombeiros e a Marinha do Brasil vão continuar, nesta segunda-feira, as buscas pelo corpo da menina Maria Luiza Serra, de 10 anos, que foi decapitada após uma lancha colidir com um 'banana boat' na Praia do Forte, em Cabo Frio.

Segundo PMs do 25º BPM (Cabo Frio), outras duas pessoas também ficaram feridas no acidente no fim da tarde deste sábado. Elas foram socorridas e levadas para o Hospital Central de Emergência. O Corpo de Bombeiros informou que Gilmara C. Batista, de 39 anos, e André Luiz Nascimento, de 29 anos, passam bem.

De acordo com informações da 126ª DP (Cabo Frio), o condutor da lancha, identificado como Nostradamus Coelho, foi detido e, em seguida, encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

No local, foi constatado que ele não estava alcoolizado no momento do acidente. No entanto, Coelho foi autuado em flagrante por homicídio culposo e lesão corporal culposa das demais vítimas. Os sobreviventes informaram que o homem não parou para prestar socorro.

Em nota, a Marinha informou que o acidente ocorreu fora da área delimitada para banhistas e que os condutores estavam habilitados.

"As embarcações envolvidas, que estavam com a documentação regularizada, foram recolhidas na agência. A Marinha lamenta o ocorrido e informa que será instaurado um inquérito administrativo para apurar as causas e as responsabilidades do acidente", completou. 

Publicidade
Você pode gostar